Otimistas e diligentes!

Cada dia nos oferece uma lição, cada experiência tem o seu valor e cada problema obedece um determinado objetivo.

Não faltam, no quadro da luta cotidiana, os que fogem dos deveres que lhes cabem, procurando na desistência do bom combate, a paz que não podem encontrar.

Nos lembremos de que as civilizações se sucedem no mundo a milhares de anos, e que os homens, por mais felizes e poderosos que tenham sido, foram tragados pela morte de forma inapelável, para o definitivo acerto de contas morais com a eternidade.

Portanto, a partir de hoje, quinta-feira, sejamos mais otimistas e diligentes no bem, alegres e confiantes, porque, enquanto o corpo físico se corrompe pouco a pouco, a alma imperecível se renova sempre, para a vida imortal. Pensemos nisto!

Compartilhe essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Telegram
Imprimir