Sentimentos amorosos!

Falar em certo e errado é como examinar as duas faces de uma mesma moeda. A moeda é uma só, nada além de uma dualidade de perspectivas. Ao aceitar que uma moeda nada mais é que uma moeda, devemos estar cientes da diferença entre as duas faces.

O que é o ódio, senão o desconhecimento do amor? E a mentira, senão ou a verdade distorcida ou mesmo a ausência dela? A ganância, senão a frustração do “não ter”. Onde fica o “ser”? Todavia, cada um tem a sua própria história para contar sobre o que a vida é ou não.

Que tal, nesta quinta-feira, darmos um “Plus”, nos municiando de mais sentimentos amorosos para com todos que conosco convivem?

Compartilhe essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Telegram
Imprimir