CIDADANIA E MÉRITO: Reconhecimento e emoção na Câmara de Cabo Verde

Homenagens prestadas pelos vereadores representam o reconhecimento da própria sociedade

 

A noite de 25 de outubro foi especial para o Poder Legislativo, autoridades municipais e toda comunidade de Cabo Verde. Diversas personalidades tiveram o trabalho e o amor pelo município reconhecidos. A presidente Maísa Renata Batista Gianini, juntamente com todos os vereadores, recepcionou homenageados, familiares e populares durante sessão solene realizada no plenário da Câmara. O prefeito Cláudio Antônio Palma prestigiou a solenidade, justificando a ausência do vice-prefeito Marcelo Batista Figueiredo e valorizando cada pessoa homenageada.

 

ABERTURA OFICIAL

A presidente Maísa Gianini declamou o poema “Sim, sou Caboverdense”, em homenagem a toda população que tanto se orgulha por ser caboverdense. O vereador Daniel Galdino Barbosa Filho fez a leitura de um trecho da Bíblia Sagrada. O vereador Vanderlei Aparecido Braga fez a saudação a todos presentes.

 

HOMENAGEADOS

Título de Cidadania Honorária:

– Adorcelino Antônio de Souza (Indicado pela Vereadora Vanda Célia da Silva);

– Alexandre Tadeu Passos (Indicado pelo Vereador Juscelino Tereza);

– Antônio Carlos Arantes (Indicado pelo Vereador Luiz Carlos Ribeiro);

– Antônio Luiz Ferreira (Indicado pelo Vereador João Paulo de Morais);

– José Rovilson Siqueira ( Indicado pelo Vereador Daniel Galdino Barbosa Filho);

– Osnedy Reyes Rodríguez (indicado pelo Vereador Vitor Espedito Megda);

O deputado estadual Antônio Carlos Arantes também seria homenageado, por indicação do vereador Luiz Carlos Ribeiro. Porém, por compromisso oficial agendado anteriormente e inadiável, justificou sua ausência e receberá a honraria pessoalmente em data oportuna.

 

Placa de Honra ao Mérito:

– Júlio Cézar de Sousa (Indicado pelo Vereador Vanderlei Aparecido Braga);

– Maria Inês Dias (Indicada pelo Vereador Pedro Sérgio Aparecido);

– Maria Lúcia Marcelino (Indicada pela Vereadora Maísa Renata Batista Gianini).

 

UM POUCO DE CADA HISTÓRIA DE VIDA

 

ADORCELINO ANTÔNIO DE SOUZA

Nascido em Divisa Nova, no dia 14 de junho de 1960, filho de Francisca Silveira de Souza e Antônio Pio de Souza, é o caçula de 13 irmãos.

Em 1980 passou a residir na cidade Cabo Verde. Nesse tempo, trabalhou como corretor de imóveis, amansava cavalos, entre outros serviços.

Casou em 1984 e tiveram dois filhos, Éder Paulo de Souza e Luís Eduardo de Souza, ambos já falecidos, sendo que tem hoje 4 netos, Luís Gustavo, Ana Lívia, Ana Luísa e Annalú, filhos do Luís.

Em 1986 começou a trabalhar também como funileiro, profissão que exerce até hoje nas horas vagas.

Casou-se novamente em 1997 com Aparecida de Fátima Henrique e tem uma filha, Tainá Henrique de Souza, formada em Farmácia que atua sua profissão na Associação do Hospital São Francisco, na cidade de Cabo Verde.

Em 2006 começou trabalhar na Prefeitura de Cabo Verde, realizando várias funções. Hoje atua como operário na Secretaria Municipal de Educação. Tem muito orgulho em residir aqui. É um apaixonado pelo Município de Cabo Verde.

– Homenageado pela vereadora Vanda Célia da Silva com o Título de Cidadão Caboverdense.

 

ALEXANDRE TADEU PASSOS

Conhecido como “Dr. Lelê”, nasceu em 07 de janeiro de 1978, em Guaxupé/MG, filho do bancário Luiz Roberto Passos e da professora Leila Maria Côngio Passos.

Iniciou seus estudos na Escola Estadual Major Leonel, onde concluiu o ensino primário. Após, estudou na Escola Estadual Professor Pedro Saturnino de Magalhães onde cursou e concluiu o ensino médio.

Posteriormente, mudou-se para a cidade de Santa Rita do Sapucaí/MG, para estudar eletrônica, na Escola Técnica de Eletrônica (ETE).

Mudou-se para a cidade de Alfenas/MG, ingressando no Colégio Objetivo para dedicar-se aos estudos do 2º colegial.

No ano de 1998 ingressou no curso de Direito da Universidade Alzira Velano, tendo cursado o 1º ano. Por dificuldades financeiras, parou com os estudos e retornou a Cabo Verde, onde trabalhou no ramo de produção e venda de suco de laranja.

Após conseguir superar as dificuldades financeiras, retornou para a cidade de Alfenas e sob a orientação do Dr. Antônio dos Passos Romão, conhecido em nossa cidade como Passinho, formou-se em Bacharel em Direito 2003.

Trabalhou na Assistência Judiciária e na Procuradoria do Município de Alfenas, tendo realizado vários cursos durante a graduação, entre eles na Faculdade de Direito – Universidade de São Paulo – USP – Largo de São Francisco.

Tornou-se advogado no ano de 2004 com o ingresso nos quadros da OAB seccional São Paulo (OAB – SP 229.363) e posteriormente OAB seccional Minas Gerais (OAB – MG 106.504)

Fundador e administrador do escritório Passos Advocacia e Consultoria, com sede nessa cidade de Cabo Verde, que atua em diversas áreas do Direito, em especial ao ramo do direito criminal, já tendo atuado em mais de 500 julgamentos, muitos dos quais fez a defesa sem cobrar seus honorários advocatícios.

Membro da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas ABRACRIM.

Membro da Associação Nacional da Advocacia Criminal ANACRIM

Atual presidente municipal do Partido Liberal (PL), nunca tendo se candidatado a cargos eletivos, para se dedicar exclusivamente às atividades advocatícias.

No ano de 2012, casou-se com Daniella Souza Andrade Congiu Passos, com quem tem uma filha, Antonella Andrade Congiu Passos, hoje com 7 anos de idade.

Sr. Alexandre Tadeu Passos por toda essa sua trajetória de vida e trabalhos voltados a nossa querida Cabo Verde, esta Casa Legislativa lhe presta esta singela homenagem concedendo-lhe o Título de Cidadão Caboverdense.

– Homenageado pelo Vereador Juscelino Tereza com o Título de Cidadão Caboverdense.

 

ANTÔNIO LUIZ FERREIRA

Nascido no dia 25 de novembro de 1951, num bairro rural do Município de Muzambinho-MG, é o primeiro de seis irmãos, filhos de João Batista Ferreira e Maria Silva Ferreira. Os três primeiros filhos do casal, nascidos em Muzambinho e os demais nascidos em Cabo Verde.

Aos oito anos de idade veio com sua família residir neste Município e cidade de Cabo Verde-MG. Morou por dois anos no Distrito de São Bartolomeu de Minas, deste Município, onde começou estudar no Grupo Escolar Pádua Dias, voltando para esta Cidade estudou no Grupo Major Leonel e colégio Pedro Saturnino de Magalhães.

Em três de maio de 1975, casou-se com Irene Aparecida Ferreira. Desta união nasceram três filhos, hoje crescidos, casados e que lhes deram cinco netos e uma neta.

Quanto as atividades de trabalho exercidas, desde sua tenra idade: foi sorveteiro, servente de pedreiro, pedreiro, trabalhou em escritório de contabilidade, e no IBGE como recenseador.

Em 11 de maio de 1982, passou a ser Servidor Público do Poder Judiciário do estado de Minas Gerais, onde exerceu seus serviços no Cargo de Oficial de Justiça, Cargo de Oficial de Apoio, nesta comarca de Cabo Verde, onde prestou seus serviços por (9) nove anos.

Em 1º de janeiro de 1995, passou a exercer o Cargo de Oficial de Justiça na comarca de Santa Rita de Caldas-MG, onde residiu e prestou seus serviços por (16) dezesseis anos, aposentando-se em 2011.

Voltando para Cabo Verde, onde tem plantada suas mais sólidas raízes, é residente e domiciliado na Rua Alceu Prado, 92, Bairro Chapadão, Cabo Verde-MG.

Faz questão de lembrar também que, sendo católico, participou de atividades da Igreja desde pequeno, como coroinha e depois de adulto, participou de quase todas as pastorais existentes na Paróquia Nossa Senhora da assunção de Cabo Verde-MG, como também exerceu na Paróquia de Santa Rita de Caldas -MG. Ressalta que algumas atividades, as pratica até hoje.

– Homenageado pelo vereador João Paulo de Morais com o Título de Cidadão Caboverdense

 

JOSÉ ROVILSON SIQUEIRA

Nascido no dia 22 de abril de 1967, na Cidade de Botelhos. Filho de José Guido Siqueira e Izabel de Carvalho Siqueira. Tendo como irmão Ronaldo Magela Siqueira, casado com Tereza Vieira Siqueira, os quais desta união conceberam Carla Vieira, sua sobrinha querida.

Estudou nas escolas Estaduais Major Leonel e Professor Pedro Saturnino de Magalhães, onde cursou até o ensino médio.

Logo após seu nascimento na cidade de Botelhos, mudou-se com sua família para Cabo Verde residindo praticamente toda a sua vida neste Município, sendo que, há cinco anos mora na cidade de Poços de Caldas.

Começou a trabalhar bem cedo com 16 anos de idade como servente de pedreiro com o seu pai depois foi para o ramo de comércio trabalhando no Bar e Mercearia São José por vinte e oito anos. Atualmente trabalha há cinco anos na Empresa Auto ônibus Circulare de Poços de Caldas.

Em Cabo Verde fez parte de algumas entidades como membro ativo e muito participativo, em prol da comunidade, conforme segue:

– Por alguns anos participou da diretoria da Associação Comercial industrial e Agropecuária de Cabo Verde.

-Já na área social participou por 12 anos no CODEBASS (Conselho Desenvolvimento Comunitário do Bairro Assunção)

= 2 anos (conselho fiscal)

= 2 anos (segundo tesoureiro)

= 2 anos (vice-presidente)

= 6 anos (presidente) sendo por dois mandatos consecutivos

-Membro do CMDRS (Conselho Municipal Desenvolvimento Rural Sustentável) como representante do CODEBASS. Estando por dois mandados vice-presidente e um mandato presidente.

Atualmente faz parte da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidente) sendo eleito pelos trabalhadores da empresa, ficando em terceiro lugar na votação.

“Agradece a Câmara Municipal de Cabo Verde pela homenagem e principalmente ao Vereador Daniel pela indicação. Dedica o Título de Cidadão caboverdense a todos que estiveram frente a direção do CODEBASS por todos esses anos, aqueles que contribuíram direta ou indiretamente no apoio. Aqueles que o apoiaram e estiveram juntos frente ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável. Agradece principalmente aos seus familiares que tanto lhe apoiam durante toda a sua vida, em especial seus pais Guido e mãe Izabel, já falecida, mas que continua a zelar por este seu filho de onde estiver”!

– Homenageador pleo vereador Daniel Galdino Barbosa Filho com o Título de Cidadão Caboverdense.

 

OSNEDY REYES RODRIGUEZ

Nasceu no município de San Juan dos Remédios, na província de Villa Clara na data de 6 de maio de 1976, os seus pais: Cândida Rosa Rodríguez e Sebastian Reyes, ambos professores, é único filho desta união. Desde criança sentiu uma inclinação para a medicina e pelo impacto do trabalho dos médicos na sociedade, traçando desde cedo o caminho para alcançar o seu sonho de se tornar um médico.

Cresceu e estudou na sua cidade natal até começar seus estudos em Medicina no Instituto Superior de Ciências Médicas de Villa Clara Serafin Ruiz de Zarate, estudando com resultados satisfatórios. No terceiro ano dos seus estudos conheceu a sua esposa e colega Maivy Cárdenas Cancio e casou-se com ela no 30 de março de 2001, desta união nasceram os seus dois filhos Mario Sergio e Jose Carlos, com 17 e 14 anos respectivamente.

Em 2003 obteve sua licenciatura em medicina, realizando os seus sonhos e muito determinado para ajudar nos lugares de difícil acesso da assistência medica, assim fez o seu serviço social com a sua esposa e o seu primeiro filho na cidade de Palma Sola, uma pequena cidade no norte da província de Villa Clara, Cuba. Continuou os seus estudos de pós-graduação em medicina familiar, obtendo o título de Medicina Geral Integral em 2006, exercendo a sua profissão com mais dedicação e amor por ela, prestando os seus serviços em vários postos de saúde e na própria policlínica, desempenhando as funções de Chefe do Plantão.

Em 2006 completou uma missão internacional na República da Guatemala, o que significou uma grande experiência do ponto de vista profissional, enfrentando um trabalho humanitário e social altamente responsável numa área de difícil acesso onde os serviços médicos eram muito solicitados, e por outro lado, a separação da sua pequena família, que já tinha mais um membro. Estes dois anos foram muito importantes para ela enfrentar os desafios e novas responsabilidades quando regressou a Cuba em 2008.

Continuando com a sua vida profissional chegou ao Brasil em 2014, trabalhando na localidade de Coelhos e Serra dos Lemes durante 3 anos onde foi muito bem recebido pela população, não só pelo seu trabalho como médico mas também como ser humano oferecendo um tratamento igual a todos de uma forma familiar e afetuosa ganhou o coração dos moradores não só destas localidades mas também do município de Cabo Verde onde os pacientes se tornaram amigos e os amigos viraram família. Nesta etapa realizou a especialização de Medicina da família na UFMG terminando a sua segunda especialização no ano 2016. Depois de terminar o seu contrato no programa Mais Médicos decidiu morar nesta localidade sentindo-se parte desta cidade que o acolheu como um filho e encheu de amor a nostalgia da outra parte da família que permaneceu no seu país natal.

   Após muitos esforços e de enumeráveis serviços entre bares, pesqueiros, hortaliças e colheita de café (atualmente como fiscal de tributos da prefeitura municipal de Cabo Verde) e contando sempre com o apoio incondicional de sua família e amigos brasileiros que viraram um pilar fundamental em sua vida, continua estudando para revalidar o seu diploma médico e poder voltar a exercer esta profissão no Brasil.

– Homenageado através do vereador Vitor Espedito Megda com o Título de Cidadão Caboverdense.

 

JÚLIO CÉZAR DE SOUSA

Filho de Antônio Augusto de Souza e Zulmira Siqueira de Souza, já falecidos. Nascido em 12 de outubro de 1957, é o caçula de oito irmãos: Heloísa, José Roberto (falecido), Juscelino, Régia, Maurício, Otacílio e Marilda.

Nasceu em Cabo Verde e passou a infância na zona rural de Cabo Verde, na Fazenda do Campo.

Em 1965, iniciou o curso primário na Escola Estadual Major Leonel de Cabo Verde. Em 1969, seguiu com seus estudos na Escola Estadual Professor Pedro Saturnino de Magalhães de Cabo Verde. Nessa mesma escola fez o 2º Grau: no período da manhã fez o curso de Magistério e no período noturno o curso Colegial. Encerrou seus estudos em Cabo Verde em 1975.

Em 1976, foi para Belo Horizonte para fazer o curso superior: fez o curso de medicina na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, onde se formou em dezembro de 1983. Obteve o título de especialista em Pediatria.

Em 01 de fevereiro de 1984, iniciou suas atividades profissionais em Cabo Verde, trabalhando em seu consultório particular e assumindo o cargo de pediatra no Hospital São Francisco de Cabo Verde.

Em 01 de janeiro de 1984, iniciou seus trabalhos na Prefeitura Municipal de Cabo Verde assumindo o cargo de pediatra no Posto de Saúde da Prefeitura Municipal de Cabo Verde, onde trabalha até os dias de hoje.

Em 01 de outubro de 1997, ajudou a fundar a APAE de Cabo Verde, onde é médico voluntário desde a fundação até os dias de hoje.

Em maio de 1999, abriu seu consultório particular na cidade de Botelhos e em fevereiro de 2002 iniciou seus trabalhos na Prefeitura Municipal de Botelhos: é o responsável pelo Programa Materno Infantil da Policlínica de Botelhos, onde exerce suas funções até os dias de hoje.

No Hospital São Francisco de Cabo Verde, é o responsável pelos setores de pediatria.

   Em todos os seus postos de trabalho exerce o cargo de médico pediatra, o que o faz sentir-se plenamente realizado profissionalmente.

Possui uma família numerosa: irmãos, cunhados, sobrinhos, sobrinhos netos e sobrinhos bisnetos. Dos pais, já falecidos, ficam os exemplos de união, amor ao próximo e generosidade…saudades eternas. Sua família é a base de tudo, seu porto seguro. A eles dedica sua vida.

É solteiro, nunca se casou. Não tem filhos.

– Homenageado pelo vereador Vanderlei Aparecido Braga com a Placa de  Honra ao Mérito.

 

MARIA INÊS DIAS

Mais conhecida como Ineizinha, nasceu no dia 04 de outubro de 1960 no Distrito de São Bartolomeu de Minas, município de Cabo Verde MG.

Filha de Raul Antônio Dias e Odette Palma Dias, é a segunda filha do casal. Seus irmãos são: Neide, Raul, Ivone e Cristiane.

Em 1987 iniciou seus trabalhos como Servidora da Prefeitura Municipal de Cabo Verde, no cargo de cantineira na escola rural do Bairro Cambuí. Após alguns anos de trabalho nesta escola, foi transferida para trabalhar na Creche Mauro Chame, no Distrito de São Bartolomeu de Minas, onde trabalhou por vinte e cinco anos (25).

Após trinta (30) anos de serviços prestados como Servidora Municipal e na época trabalhando na Escola Major Leonel finalizou sua carreira em 2017, quando se aposentou.

– Homenageada pelo vereador Pedro Sérgio Aparecido com a Placa de Honra ao Mérito.

 

MARIA LÚCIA ARCELINO

Professora, nascida em Cabo Verde, no dia primeiro de Agosto de 1967, filha de Luiz Marcelino e Maria Verônica da Silva Marcelino, primeira filha do casal, tem três irmãos: Luiz Antônio Marcelino, Claudinei Marcelino e Karina da Silva Marcelino. Desde criança muito amorosa, dedicada, atenciosa com a família, seus irmãos e pais .

No dia 20 de Outubro de 1984, casou–se com Nilton Vieira e desta união teve dois filhos: Lucas Marcelino Vieira e Laíres Aparecida Marcelino Vieira, a quantidade de  filhos do coração já perdeu a conta.   

Seus netos Luiz Felipe Moraes Marcelino, Ana Luiza Vieira da Silva, Samuel Silvério Marcelino, Davi Luiz Vieira da Silva, Luiz Gustavo Vieira da Silva e João Miguel Silvério Marcelino.

No ano de 1994 conclui o Magistério na E. Estadual Prof. Pedro Saturnino de Magalhães, e em 2005 a Faculdade de Pedagogia UNIS.

Seu primeiro trabalho como professora foi no ano de 1986 como professora regente da E.E. Rui Barbosa, depois Escola São Francisco, E. Estadual Major Leonel, Escola Estadual São José, Escola Municipal Pedro de Alcântara e demais escolas municipais como professora de turma e professora de Educação Religiosa e Arte por muitos anos na Escola Estadual Professor Pedro Saturnino de Magalhães.

– Homenageada através da vereadora e presidente Maísa Renata Batista com a Placa de Honra.

 

VIVA CABO VERDE

Honrosamente mais uma vez atuando como Mestre de Cerimônias desta Sessão Solene, este jornalista e editor do Portal AMAURI JR NEWS ainda fez a leitura de um poema intitulado “Homenagem a Cabo Verde”, de autoria de José Guido Siqueira, que estava presente no auditório.

 

Tivemos ainda a apresentação musical de Fabiana e Karuncho, com a canção “Casinha Branca”, de Gilson Vieira da Silva, sucesso no ano de 1979.

 

TRABALHO EXEMPLAR

 

Merece aplausos a equipe de servidores da Câmara que atuaram com brilhantismo na organização da solenidade:

– Auricelia Martins da Silva Prado (Assessora Legislativa)

– Samuel Freschi Lange (Assessor Parlamentar)

– Jaqueline Nazaré Muniz (Secretária)

– Laini de Cassia Fileni Azarias Negrão (Assessora Jurídica)

– Clélia Corrêa (Contadora)

 

MOMENTOS ETERNIZADOS

 

Parabéns ainda para a grande profissional Laís Podestá Fotografia, que registrou o evento com sensibilidade e grande qualidade. Contato pelo fone (35) 9.8103-8124 ou pelo Site www.laispodesta.com.

 

ALÉM DA NOTÍCIA

Parabéns ao Poder Legislativo de Cabo Verde, através da presidente Maísa Gianni, todos os vereadores e equipe de servidores. Reconhecer o trabalho das pessoas em prol de desenvolvimento de uma comunidade, “materializando” este reconhecimento, tem um grande significado. É um ato público de justiça, toca fundo no coração, leva à emoção e o momento fica marcado para sempre na vida das pessoas. Muitas vezes, as pessoas passam pela vida fazendo muito além de suas obrigações profissionais e cristãs. Se entregam num trabalho voluntário difícil e com pouco ou quase nenhum apoio.

Conceder uma placa de Honra ao Mérito ou Título de Cidadania Honorária é um ato legal, passa a ser lei. Ou seja, o reconhecimento acontece por “direito e legalidade”. Que outras pessoas possam alcançar o mesmo reconhecimento. Pessoas de todos os segmentos da sociedade, das mais simples à mais alta personalidade política, empresarial ou social. Não importa! Parabéns vereadores. Parabéns aos homenageados. Parabéns Cabo Verde!

 

AMAURI JR NEWS

Notícias à toda hora!

Anuncie:

(35) 9.9806.5664

Compartilhe essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Telegram
Imprimir
plugins premium WordPress