Minas terá duas novas ferrovias construídas por meio do modelo de autorizações

O governo federal recebeu pedidos de autorização para construção de dois novos trechos ferroviários em Minas. O primeiro, de Uberlândia a Chaveslândia, no Triângulo, terá 235 quilômetros de extensão e investimento previsto de R$ 2,7 bilhões. O segundo, que ligará Ipatinga a São Mateus, no Espírito Santo, contará com 420 quilômetros de extensão e investimento de R$ 5 bilhões.
 
As autorizações têm como base o novo Marco Legal das Ferrovias, criado a partir da publicação da Medida Provisória 1.065/2021 e alinhado à política estadual para o setor, lançada pelo Governo de Minas por meio do Plano Estratégico Ferroviário (PEF); por legislação aprovada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais e decreto editado pelo governador Romeu Zema.
 
As medidas permitem que a iniciativa privada invista na construção ou requalificação de ferrovias dentro de um modelo de autorização, com maior liberdade de empreender e menor regulação estatal.
 
O anúncio foi realizado em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, na quinta-feira (2/9). O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, participou da reunião acompanhado do deputado estadual, João Leite, presidente da comissão pró-ferrovias da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

 

Fonte: Agência Minas

Compartilhe essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Telegram
Imprimir
plugins premium WordPress