Muzambinhense se destaca no cenário nacional e internacional de canoagem

CAMPEONATO BRASILEIRO DE CANOAGEM E PARACANOAGEM 2021

 

A competição foi realizada no Lago Municipal Paulo Gorski e contou com 380 atletas – sendo 70 paralímpicos, de 38 clubes, de 12 estados. A organização ficou por conta da Confederação Brasileira de Canoagem.

 

A equipe IFMUZ/ACAM/PMUZ conquistou a 17ª colocação na classificação geral, contando apenas com 4 atletas:

GABRIEL LIMA MARTINS – 1º lugar na categoria C1 júnior 1000 m

ANA LUIZA AMARAL FERNANDES DE SOUZA – 2º lugar na categoria C1 menor 500 m

GABRIEL EDUARDO MALAQUIAS PEREIRA – 4º lugar na categoria K1 menor 1000 m

MARCELO CARMESSANO – 1º lugar KLT2 100 m e 1º lugar KLT1 200 m

 

Segundo Thales Bianchi, a equipe IFMUZ/ACAM/PMUZ já tem tradição na modalidade Canoa e apresentou resultados excelentes. No entanto, é necessário destacar o resultado do atleta Gabriel Eduardo, que representa o início das vitórias dos nossos atletas na modalidade Caiaque.

 

Thales ainda ressaltou o excelente resultado obtido pelo atleta da paracanoagem Marcelo Carmessano que conquistou sua quarta medalha de ouro, conquistadas nos anos de 2016, 2017, 2018 e 2021.

 

O professor ainda se orgulha dos resultados obtidos pelo aluno Gabriel Lima, que já foi apontado como a promessa do esporte pelo medalhista olímpico Isaquias Queiroz e pela atleta Ana Luiza, que foi convocada para disputar o Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade e enaltece o apoio do bolsista Iago Lino.

 

CAMPEONATO SULAMERICANO DE CANOAGEM E PARACANOAGEM 2021

 

Realizado entre os dias 16 a 19 de dezembro, em Montevidéu, no Uruguai, o Campeonato Sul-americano de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2021 contou com um número expressivo de medalhas para o Brasil.

 

A atleta que competiu na canoa C2 Menor 1000 metros em parceria com a atleta da cidade de Capitólio/MG Tayna Oliveira onde se sagraram campeãs.

 

Ana Luiza começou a treinar canoagem em 2018 por influência de amigas e atualmente deseja se tornar uma grande atleta e levar o nome da sua cidade e do seu país. A atleta ressaltou que “a partir do momento que você entra na canoagem, você não será mais só um atleta. Nos tornamos uma família apoiando uns aos outros e sempre procurando ajudar o próximo.” Ela que se inspira muito no atleta Isaquias Queiroz e também no atleta Muzambinhense Gabriel Lima.

 

O Projeto de Canoagem tem o apoio e parceria do IFSULDEMINAS-CAMPUS MUZAMBINHO, da PREFEITURA MUNICIPAL DE MUZAMBINHO e da ASSOCIAÇÃO DE CANOAGEM que visam fomentar o esporte.

 

Segundo o secretário de Esportes Wilson Dias Lima, essa parceria visa ampliar o atendimento e fomentar o esporte no município. Essa inciativa agrega cada vez mais e estimula os atletas nos treinamentos e nas competições.

 

Fonte/fotos: Secretaria de Esportes, Lazer, Cultura e Turismo de Muzambinho

Compartilhe essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Telegram
Imprimir
plugins premium WordPress