Paraíso é candidata para receber fábrica de cerveja da Heineken

A cervejaria holandesa Heineken anunciou investimento de R$ 1,8 bilhão e geração de 350 empregos diretos na nova fábrica (Foto: Divulgação)

 

São Sebastião do Paraíso está entre os mais de 200 municípios mineiros que se candidataram para receber a instalação de uma fábrica da cervejaria Heineken. Lideranças do município foram mobilizadas para a realização de um trabalho amplo visando atender as exigências que o empreendimento demanda. O deputado Antônio Carlos Arantes e o prefeito Marcelo Morais confirmaram sobre as ações que estão sendo realizadas, que se confirmadas poderá resultar em investimentos na ordem de R$ 1,8 bilhão e na geração de 350 empregos diretos, segundo divulgado pelo Governo do Estado de Minas Gerais sobre a nova fábrica.

 

Nesta semana, o grupo Heineken anunciou a desistência de instalar sua nova fábrica que deveria ser implantada na cidade de Pedro Leopoldo (MG). A mudança de localização se deu a uma disputa judicial envolvendo aspectos ambientais. Em nota, o grupo empreendedor assegura seu compromisso socioambiental e a permanência no estado mineiro. “A decisão foi tomada após poucos meses de diálogo sobre os diferentes entendimentos de órgãos envolvidos e da sociedade em geral relacionados à proximidade do atual terreno com uma importante área de preservação ambiental e arqueológica da região”, diz o comunicado.

Apesar da mudança de planos, a cervejaria reafirma seu compromisso com o mercado. O volume previsto para 2023, quando a unidade de Pedro Leopoldo entraria em operação, será inteiramente compensado por meio de investimentos adicionais na expansão da capacidade produtiva de outras cervejarias do Grupo.

 

A nota oficial da empresa ressalta que o empreendimento será mantido em território mineiro. “Temos um plano agressivo de crescimento e já estamos em busca de um novo terreno no estado de Minas Gerais. Nossos clientes e consumidores têm o nosso compromisso”, finaliza afirma Mauro Homem. 

 

PARAÍSO NO PÁREO
Lideranças políticas de São Sebastião do Paraíso iniciaram mobilização colocando a cidade como candidata a receber as instalações da fábrica da Heineken.  O deputado estadual.  1º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Antônio Carlos Arantes, anunciou em suas redes sociais que teve um encontro com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, para tratar do assunto. “Nós somos do tamanho do nosso sonho e ver a possibilidade de trazer a cervejaria Heineken para a nossa região, falei com o nosso secretário, para pedir o apoio para que a indústria se instale em São Sebastião do Paraíso, para gerar mais emprego e renda”, disse.

E completou que também conta com o apoio do prefeito Marcelo Morais e da Câmara Municipal. “Estou fazendo a minha parte”.

 

O secretário informou que já são mais de 200 cidades que demonstram interesse em receber o empreendimento. “A decisão final é da empresa. Vão valer as melhores condicionantes para que a fábrica possa bater o martelo e escolher um novo local em Minas Gerais para se instalar. São Sebastião do Paraíso tem todas as chances e eu torço muito para que a decisão melhor seja tomada parabenizo a postura do deputado por estar sempre à frente”, conclui.

 

O prefeito Marcelo Morais confirmou ao Jornal do Sudoeste que a Prefeitura tem interesse na vinda do empreendimento para o município. “Ontem de manhã (terça) entrei em contato com a chefe do setor que está cuidando deste assunto na empresa. Ela me explicou os caminhos, todas as condições, demonstramos a ela o interesse da cidade, fizemos os levantamentos que eles pediram e encaminhamos para eles ontem mesmo”, comenta.

 

Marcelo Morais enfatizou que inclusive manteve contatos com representantes da empresa e que a Administração está mobilizada para esta causa. Ele determinou que o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Diego Carvalho, também fizesse contato com a empresa.

 

Marcelo também informou que já foi preenchido o formulário específico apresentado e Paraíso já está cadastrado entre os municípios interessados em receber a fábrica da Heineken. Diego apresentou o portifólio confirmando que a cidade atende expectativas desejadas pela empresa, salientando que a concretização da proposta vem ao encontro com os anseios da marca cervejeira e também com o projeto de desenvolvimento de São Sebastião do Paraíso.

Entre as cláusulas apresentadas pela empresa consta a destinação de área de um milhão e meio de m² para a instalação da fábrica. Outro indicativo é a necessidade de água abundante. Diego disponibilizou o potencial logístico, estrutural e humano existente em São Sebastião do Paraíso e reforçou que o município possui os requisitos necessários para a expansão do empreendimento.

 

A companhia informou que está empenhada em responder todas as solicitações relacionadas a saída de Pedro Leopoldo. Disse ainda que irá analisar todas os pedidos e dar o segmento adequado para as tratativas com as localidades selecionadas.

 

INVESTIMENTOS 
Em 18 de dezembro de 2.020 o Governo de Minas Gerais havia divulgado a instalação da fábrica no estado. “A chegada de uma gigante como a Heineken em Pedro Leopoldo é uma ótima notícia para Minas Gerais. Serão mais investimentos e empregos para os mineiros, algo que nosso governo tem se esforçado muito para tornar possível. Confio que será apenas o início de uma longa e produtiva parceria”, destacava na época o governador Romeu Zema.

A unidade fabril seria instalada no município de Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A empresa possui mais de 13 mil colaboradores no Brasil, sendo a segunda maior produtora de cerveja do país

 

A nova fábrica será a 16ª unidade do grupo, e prevê ainda mais o crescimento da empresa no Brasil, especialmente no segmento de cervejas premium. “A localização é estratégica para a companhia, uma vez que a região Sudeste é extremamente importante para o crescimento das categorias premium e mainstream. O Grupo Heineken acredita no Brasil e segue investindo para garantir que seus produtos cheguem a todos os consumidores e clientes em todo o país”, afirma Maurício Giamellaro, presidente do Grupo Heineken no Brasil.

 

Fonte: Jornal do Sudoeste

Compartilhe essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Telegram
Imprimir
plugins premium WordPress