Região do Cerrado Mineiro participa do Seminário sobre Indicações Geográficas para o Mercosul

Ana Cecília Velloso Branco, membro do Conselho Regulador da Denominação de Origem da Região do Cerrado Mineiro irá representar a região no Seminário sobre Indicações Geográficas para o Mercosul. O evento acontece em Belo Horizonte, nos dias 20 e 21 de março, e é promovido pela IP Key LA, uma organização internacional especializada em propriedade intelectual de Indicações Geográficas (IGs) e marcas coletivas.

 

Esse evento, uma iniciativa de cooperação entre a União Europeia e os países do Mercosul, busca promover oportunidades econômicas e desenvolvimento local por meio da proteção de IGs. O seminário não apenas apoia a implementação das disposições de IG, mas também enfatiza os benefícios para os produtores locais, promovendo o acesso ao mercado e preservando o patrimônio cultural.

 

Além disso, Ana Cecília, que também é uma das Embaixadoras da Região do Cerrado Mineiro, terá a oportunidade de apresentar dois momentos durante o evento. Um deles abordará o Fingerprint (impressão digital), no qual a Região do Cerrado Mineiro é um case exemplar por ter sido a primeira região com Denominação de Origem (DO) no mundo a obter a tecnologia. O outro momento destacará a Rota do Café do Cerrado Mineiro, uma iniciativa que não apenas promove a excelência do café da região, mas também fortalece os laços culturais e turísticos.

 

“Seremos a única Indicação Geográfica em Café do Brasil a participar do Seminário. A participação da Ana Cecília no evento não só evidencia a importância do Cerrado Mineiro como uma potência na produção de café de alta qualidade, mas também demonstra o compromisso da região em compartilhar conhecimento e colaborar em níveis internacionais. Ana Cecília, ao representar a Região do Cerrado Mineiro, não apenas honra sua região, mas também inspira outros produtores a explorarem o potencial das Indicações Geográficas para o desenvolvimento sustentável e o reconhecimento global”, destaca o diretor executivo da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal.

 

Para Ana Cecília Velloso, participar deste evento é uma oportunidade incrível para o Cerrado Mineiro, uma região de atitude, se unir a outros líderes do setor de Indicações Geográficas (IGs). “Estamos conscientes do nosso papel pioneiro na produção de café de alta qualidade e sustentável, e estar presente neste seminário nos permite compartilhar nossa experiência e aprender com os outros. Acreditamos que é essencial promover a autenticidade e a diversidade do café brasileiro, e este evento nos oferece uma plataforma valiosa para fazer exatamente isso. Estamos gratos pela oportunidade e ansiosos para contribuir para a discussão sobre Fingerprint e Rotas do Café, enquanto celebramos a rica herança do Cerrado Mineiro”, avalia Ana Cecília Velloso.

 

Fonte: Serifa Comunicação

 

AMAURI JR NEWS

Notícias à toda hora!

Email: amaurijunioruela@gmail.com

Site: www.amaurijrnews.com.br

Facebook: Amauri Júnior

Instagram: amauri_juniormg

Tik Tok: amaurijunior_news

Grupos de WhatsApp

Anuncie: (35) 9.9806.5664