Vereadora de Muzambinho defende atendimento humanizado à população

A reunião do Legislativo de Muzambinho, no dia 18 de outubro, foi marcada pela abordagem de temas polêmicos e de interesse da comunidade.

 

“FALÁCIAS” DO SERVIÇO PÚBLICO

O cidadão Danilo Anderson de Castro fez uso da tribuna livre abordando o tema “PEC 32 Reforma Administrativa”. Ele falou em nome do SINASEFE – Sindicato Nacional dos Servidores Federais, com sede em Muzambinho, que representa servidores de Poços de Caldas, Passos, Pouso Alegre, Carmo de Minas e Três Corações.  Anderson é servidor federal no Campus Muzambinho, atuando como Técnico Administrativo em Educação. Logo no início, esclareceu que o SINASEFE se posiciona contra a PEC 32. Afirmou que existem muitas “falácias” envolvendo uma suposta quantidade exagerada de servidores, salários privilegiados e estabilidade no serviço público. Segundo ele, a PEC vai afetar somente a “base dos servidores públicos”.

 

EMPREGO E RENDA

O vereador Israel Ramos Orlando contou que vem recebendo muitos pedidos relacionados ao emprego no município. Assim, conversando com o presidente Gilmar, renovou a preocupação do Legislativo na necessidade de geração de emprego e renda. Defendeu uma ação conjunta entre Legislativo e Executivo para a comunidade seja atendida com esta demanda. Em seguida, agradeceu a direção do Campus Muzambinho pela doação de telhas para a reforma de escola no bairro Moçambo. Da mesma forma, agradeceu o Secretário de Obras (Evandro do Queijo), vice-prefeita Heloísa (também Secretária de Educação) e diretora Cleusair (da escola do Moçambo) e outras pessoas que colaboraram com um mutirão para a retirada das telhas de três salas de aula.

 

VILA SOCIALISTA

O vereador Afrânio Donizetti Damázio relatou cobrança de moradores da Rua Quilombo dos Palmares, no bairro Vila Socialista. Lembrou que foi feito um trabalho no mandato passado, mas com as últimas chuvas a rua ficou totalmente esburacada. Assim, pediu providências a respeito por parte do Executivo. O vereador ainda lembrou promessa de instalação de um ponto de circular com cobertura, também no bairro Vila Socialista. Afrânio ainda informou que serão entregues as barracas dos feirantes, segundo a Secretária de Agricultura Edna Marcon. O vereador ainda pediu a recuperação de alguns trechos de estradas rurais e colocação de cascalho.

 

HUMANIZAÇÃO

A vereadora Sandra Marques destacou a importância da prevenção ao câncer de mama, fazendo alusão à Campanha Outubro Rosa. Informou que está elaborando um projeto que irá beneficiar as mulheres muzambinhenses. Parabenizou o diretor Marcelo Araújo e equipe pelo trabalho vem sendo realizado de manutenção das estradas rurais. Em seguida, Sandra destacou a necessidade de “humanização nos atendimentos”. Disse: “Nós muzambinhenses precisamos ser mais bem atendidos nas instituições”. Lembrou promessa da atual administração durante a campanha eleitoral no sentido de que seria o “governo da humanização”.

 

DENÚNCIA EM ÁUDIO

O vereador Carlos Hebert Salomão criticou a falta de providências da administração para solucionar o problema de buracos nas calçadas da Praça Pedro de Alcântara Magalhães. A mesma situação, segundo o vereador, acontece nas calçadas da Av. Dr. Américo Luz. Também defendeu melhorias na avenida, dizendo que “o nosso cartão postal está feio”. Em seguida, comentou áudio divulgado em rede social no último final de semana envolvendo denúncia contra o Diretor do Departamento de Obras. Relatou que ele, juntamente com outro vereador, solicitou que o Executivo apure a referida denúncia. Assim, prefere não acusar, mas exige que os fatos sejam apurados. Carlos Hebert corroborou com a manifestação da colega Sandra quanto à necessidade de humanização do atendimento à população. Acreditou que a necessidade se refere principalmente à área de saúde, inclusive com várias denúncias envolvendo o pronto socorro da Santa Casa. Contou que esteve no hospital para investigar os fatos, juntamente com outro colega vereador, mas ambos não foram recepcionados por ninguém da diretoria da entidade. “A população de Muzambinho mantém a Santa Casa e merece respeito”, disse.

 

SANTA CASA

O vereador Marco Antônio Ferreira iniciou seu pronunciamento conclamando os colegas a um trabalho de união. Usou, para tanto, a parábola da “andorinha que tenta sozinha apagar o incêndio na floresta”, usada também no lançamento da Campanha do Natal Sem Fome 2021. Em seguida, explicou que a imunidade parlamentar dos vereadores se refere ao trabalho parlamentar. Portanto, não deve jamais ferir a moral ou índole de qualquer cidadão. O vereador contou que foi acionado por uma família reclamando do atendimento na área de saúde. Assim, exercendo a função fiscalizadora, procurou averiguar os fatos. Por fim, pediu que os responsáveis pela Santa Casa compareçam na Câmara para os devidos esclarecimentos.

 

CEMIG COM OS VEREADORES

O presidente Gilmar Labanca, a exemplo de reunião anterior, dirigiu elogios ao bom senso, responsabilidade a atuação dos colegas vereadores. Contou que foi comunicado sobre a presença de um representante da Cemig para prestar esclarecimentos sobre os transtornos gerados em Muzambinho. O encontro será informal, mas terá ampla publicidade. Para o presidente, é resultado de uma ação do Legislativo que vem demonstrando preocupação com as causas populares.

 

AMAURI JR NEWS

Notícias à toda hora!

Anuncie:

(35) 9.9806.5664

Compartilhe essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Telegram
Imprimir
plugins premium WordPress